fbpx
Skip links

A digitalização dos negócios: riscos e oportunidades

Será que a digitalização do meu negócio comporta mais riscos que oportunidades?

Se gosta de se manter informado(a), certamente já parou para se debater com esta questão.

A digitalização dos negócios é fundamental para que as empresas se mantenham competitivas, financeiramente saudáveis e assegurem níveis de produtividade muito acima dos concorrentes.

O impacto dependerá, naturalmente, das áreas de negócio e da estratégia definida pelos líderes de cada organização. Antes de tudo, um bom líder terá sempre presente os riscos e oportunidades inerentes à transformação do seu negócio.

Em que consiste a digitalização?

No essencial, a digitalização é um processo de mudança de um modelo de negócio tradicional para um digital e envolve o uso de tecnologias informáticas altamente especializadas. Com efeito, nos casos em que a ideia de negócio seja pioneira e o seu lançamento estiver assente numa plataforma digital com sucesso tal poderá trazer perturbações consideráveis para o mercado. É o exemplo de empresas como a Uber, Booking e Aibnb.

Oportunidades: é o agora ou nunca!

“87% das empresas acreditam que a transformação digital é uma oportunidade competitiva, enquanto outro terço diz que é uma questão de sobrevivência.” — Capgemini

A adaptação ao mundo digital será para muitas empresas uma questão de sobrevivência. Esta evolução tem vindo a marcar um ritmo acelerado às empresas que acabam por se tornar em lutas desiguais. É provável que se recorde da Blockbuster que foi a maior rede do mundo de aluguer de vídeos e jogos e que dominou o mercado durante algumas décadas. Apesar da sua robustez não resistiu a novos players como a Netflix que, rapidamente, conquistaram este mercado tirando partido da digitalização.

Vivemos no tempo da “computação em nuvem” em que as empresas têm de ser ágeis e deverão acelerar os processos de digitalização. O acesso rápido e de forma simples à informação centralizada em plataformas únicas pode ser o caminho a seguir. Um bom exemplo é a utilização de um CRM (gestão do relacionamento com o cliente) integrado com o ERP (sistema de faturação). Este fator poderá ser, de facto, diferenciador num mercado cada vez mais exigente. Se tiver curiosidade e gostava de aprofundar mais o assunto, leia o nosso artigo “Sete vantagens da integração do CRM com o Software de Gestão”.

A digitalização dos negócios: será um risco?

Quais os riscos da digitalização?

Na maioria das vezes a digitalização aparece como um processo disruptivo e a verdadeira transformação acontece quando as empresas são forçadas a digitalizar como uma reação às exigências do mercado. Vamos analisar de seguida os riscos em algumas das seguintes áreas de negócio:

Setor da banca

Este setor tem vindo, ao longo do tempo, a fazer uma forte aposta na digitalização. Os consumidores não precisam sair de casa ou da empresa para realizar uma infinidade de operações realizadas através dos dispositivos móveis. A comprovar isso está a quebra nas transações bancárias na rede de agências que, atualmente, se ficam num número inferior a 10%.

Riscos: esta transformação no setor pode permitir um conjunto de riscos, como a privacidade ou violação de dados, crimes cibernéticos, necessidade permanente de atualização e suporte bem como manter o ritmo de novas funcionalidades e desenvolvimentos na plataforma.

Dropshipping

O stock de produtos em regra tem custos muitos elevados quer pelo espaço físico a que obrigam, quer pelo valor dos produtos. É comum alguns negócios online não terem stocks de produtos, recorrendo ao “Dropshipping” ou remessas de terceiros. O consumidor compra em casa e os produtos são entregues por uma empresa que não os produz nem possui, tampouco, o stock.

Riscos: com as dificuldades sentidas ao nível da logística e o aumento na cadeia de suprimentos, acentua-se o risco da mercadoria não ser entregue no prazo acordado. Por outro lado, ao nível da legislação existe um controlo mais apertado com coimas extremamente elevadas. Para além disso, sabemos que no último ano as cadeias de logística tiveram as suas dificuldades e o preço dos contentores disparou 1.000% em algumas rotas o que se irá refletir, a médio prazo, no preço de alguns produtos.

Logística e digitalização dos negócios: riscos e oportunidades

Produtos digitais

As empresas estão focadas na conversão de produtos em formato digital e entregando-os online (por exemplo, livros e filmes). A Blockbuster é um excelente exemplo de empresa que não se adaptou a essa transformação digital.

Riscos: o maior risco que se coloca prende-se com a dificuldade em assegurar os direitos de autor no que diz respeito à sua divulgação sem autorização prévia. Vemos crescer plataformas paralelas que distribuem conteúdos (áudio, vídeo, texto) de forma gratuita e que não asseguram os direitos autorais. A dificuldade, agora, está em proteger o valor dos produtos que disponibilizamos online.

Trabalho remoto (Teletrabalho)

As plataformas de comunicação como GoToMeeting, Teams, Skype e Zoom “digitalizaram” as reuniões, reduzindo a necessidade de estar fisicamente no escritório. Por sua vez, isso reduziu o número de viagens e aumentou a tendência da força de trabalho remota. Na verdade, o trabalho remoto cresceu 91% nos últimos 2 anos, muito devido também à conjuntura pandémica em que nos encontramos. Mas, é de salientar que estas ferramentas resultaram em mais produtividade dos trabalhadores, maior retenção de funcionários, menos dias de licença médica e custos reduzidos para o empregador e o funcionário.

Riscos: um dos riscos associados é que muitos trabalhadores remotos afirmam que têm dificuldades em se “desconectar” nos horários de folga e geralmente sentem-se solitário. Podem, igualmente, apresentar mais dificuldades em comunicarem e colaborarem com os colegas de trabalho. Por conseguinte, pode levar a uma maior rotatividade de pessoal e prejudicar a cultura da empresa.

Em suma…

…os benefícios da digitalização são enormes, mas os riscos também. Com efeito, um pequeno lapso na segurança pode resultar em enormes perdas e colapso dos negócios. E é preciso que os(as) empresários(as) tenham todos esses fatores em conta.

Deste lado, a experiência diz-nos que os riscos podem ser calculados e nesse sentido, estamos ao seu lado para o(a) ajudar na digitalização do seu negócio.

Venha tomar um café (ou chá) connosco! Buzine!

vamos conversar!